Medicina Fetal

IDENTIFICACAO GENETICA - RECONSTRUCAO GENETICA (PAI FALECIDO)

Outros Nomes:

OUTRO PERICIANDO PARENTE, MAE SUPOSTO FILHO, FILHO REQUERENTE, FALECIDO, RECONS, PA3, PA2, PA1, TESTE DE PATERNIDADE-SUPOSTO PAI FALECIDO

Como deseja realizar este exame?

*Informe-se sobre a cobertura e disponibilidade para atendimento domiciliar em sua região.

Doenças

  • Investigação de Vínculo Genético para determinação de paternidade; maternidade de Suposto Pai; Mãe Falecidos - Reconstrução genética

Prazo

  • Em até 8 dias úteis.

Cobertura ANS

Este exame não possui Cobertura da ANS.

Regiões / Genes Analisados

1 regiões / genes

O que é o exame?

Este teste estabelece o vínculo genético, ou não, de um indivíduo e um suposto pai ou suposta mãe falecido. Importante ressaltar que nestes casos a análise é indireta, ou seja, serão utilizados no mínimo dois parentes diretos do falecido para estabelecer o vínculo genético com o indivíduo requerente. Logo, por inferência, se o requerente possui relação com o falecido(a). Nestes casos, a presença da mãe do requerente não é obrigatória, mas fundamental para elucidação da perícia. Os teste de reconstruções genéticas estão sujeitos a resultados inconclusivos e a maior taxa de solicitação de novos participantes.

Para que serve este exame?

O teste de Reconsstrução Genética ou Suposto pai/mãe falecido, como é popularmente conhecido, serve para provar, ou não, se há vínculo genético entre um indivíduo requerente e os parentes diretos do falecido(a).